GPDV – Frente de Caixa

Introdução ao módulo

O módulo frente de caixa é destinado a emissão do cupom fiscal de produtos e serviços. Somente poderá ser utilizado com uma Impressora Fiscal MFD conectada ao computador em uma porta serial (RS232) ou USB (necessária a instalação do driver do fabricante).

Na primeira abertura do frente de caixa, será apresentada a tela para localização da impressora fiscal:

Nesta tela acima são apresentadas as opções para abertura do sistema:

1 – Liberar impressora fiscal

Escolhendo esta opção, o sistema apresenta duas opções para localizar a impressora fiscal. Na primeira opção deve ser informado o fabricante da impressora. Dependendo do fabricante, o sistema apresentará a possibilidade de comunicação pela porta USB. Depois de apresentar essas informações, basta clicar em “continuar” para que o sistema tente a comunicação em todas as portas e em todas as velocidades que o tipo de impressora pode trabalhar.

Caso o usuário não conheça o fabricante do equipamento, é possível clicar na segunda opção, “não sei o fabricante”, e o sistema buscará em todas as portas de comunicação, por todas as impressoras compatíveis, em todas as velocidades de comunicação. É um processo que pode ser feito pelo sistema, mas não recomendado, pois é bastante demorado.

Depois de localizar a impressora fiscal no computador, o sistema mostrará os dados encontrados para confirmação:

Caso os dados estejam corretos, basta clicar em “utilizar esta impressora“. Caso contrário, clique em “localizar impressora novamente“, para que o processo seja repetido.
Confirmando a impressora, e se ela estiver ok, o sistema será liberado para uso, apresentando a tela inicial.

2 – Abrir sistema em modo FISCO

Clicando neste botão o sistema localizará a impressora fiscal e abrirá para impressão de relatórios fiscais (menu fiscal) e consultas, não sendo possível emissão de cupons fiscais movimentações financeiras.

Tela inicial

A tela inicial do frente de caixa ou PDV da solução GDOOR, possui recursos de fácil acesso, justamente para facilitar a operações com fluxo elevado de vendas:

Efetue o login.

Abaixo temos a visualização inicial do frente de caixa, quando ele é aberto pela primeira vez.
No canto direito inferior é mostrado apenas o botão do menu fiscal, pois é exigência para o PAF-ECF que este menu fique visível o tempo todo.

As principais funções do programa podem ser acessadas por meio de combinações de teclas de atalho, ou pelos painéis ocultos nas laterais. Nesta tela inicial, nos painéis laterais, concentram-se os botões para o acesso a todas as funções do programa:

Iniciando pelo painel esquerdo, temos os botões que serão explicados abaixo, entre parênteses no nome, é a tecla de atalho que aciona o botão em questão, e são válidos somente na tela inicial:

Iniciar venda (F2)

Abre um novo cupom fiscal e mostra a tela para inclusão de itens no cupom.

Cancelar venda (F4)

Cancela o último cupom emitido, desde que não tenha sido emitido nenhum outro documento pelo ECF após isso.

Importar (F5)

Abre a tela para importação de documentos auxiliares para o cupom fiscal.

Receber Contas (F6)

Permite fazer recebimento de contas a prazo pelo frente de caixa.

Clientes (F7)

Abre tela para informar o cliente do próximo cupom fiscal.

Produtos (F8)

Abre a tela de consulta de produtos, a mesma mostrada na consulta ao vender um item, mais algumas informações do produto, tais como preço de venda e quantidade em estoque.

Listagens (F11)

Abre tela para informar o cliente do próximo cupom fiscal.

No painel direito:

Supervisor (F9)

Abre o menu do supervisor, que dá acesso a várias configurações e relatórios.

Menu Fiscal (F10)

Menu obrigatório para o PAF-ECF, deve ficar sempre visível.

caixa14_tela_inicial_icones_canto

A imagem ao lado será mostrada no canto inferior direito do frente de caixa.

  • O primeiro ícone indica que o frente de caixa está configurado para trabalhar com TEF;
  • O segundo ícone é mostrado quando há algum operador logado, como o controle de usuários é obrigatório, sempre será exibido;
  • O terceiro mostra o status da impressora fiscal. Quando está branco, como na imagem, indica que está ok. Se estiver em vermelho com um ‘X’, indica que há mau funcionamento do ECF. Esta imagem também será substituída por um escudo amarelo quando o caixa estiver em modo fisco;
  • A última imagem ficará piscando quando o sistema estiver realizando algum procedimento em segundo plano, como por exemplo, após finalizar uma venda, o caixa é liberado instantaneamente para uso, mas o cupom ainda está sendo gravado no banco de dados. Esta mesma imagem ficará com um ‘X’ quando o frente de caixa estiver operando em modo off-line, utilizando o módulo conexão TXT.

Sair

Fecha o programa, se não estiver executando nenhuma função.

Restaurar

Alterna entre o modo tela cheia e janela.

Minimizar

Minimiza o programa para a barra de tarefas do Windows.

Funções do programa

Neste tópico detalharemos todas as funções do sistema já apresentadas na tela inicial, dentre outras existentes dentro de cada procedimento.

Emissão de cupom fiscal – abrir venda (F2)

A principal função do módulo frente de caixa é a emissão de cupons fiscais. Para iniciar este procedimento, além da impressora fiscal estar conectada e em operação, é necessário ter produtos cadastrados no estoque e que os impostos sobre os mesmos estejam corretamente configurados.

Para iniciar uma venda, devemos abrir o cupom fiscal para depois inserir os itens. Esta abertura pode ser feita por meio do botão “abrir venda” no painel esquerdo da tela inicial, pressionando a tecla “F2“, ou pela abertura automática, que pode ser configurada. Depois de abrir o cupom, a tela a seguir será apresentada:

Nesta visualização, no canto direito inferior há o espaço para informar o código do produto, ao centro fica a lista de itens já incluídos no cupom fiscal, e um painel no lado esquerdo com funções a serem executadas com o cupom aberto.

Inclusão de itens no cupom

Para incluir um item no cupom existem diversas maneiras.
Uma delas é usando o espaço no canto direito inferior da tela, informando o código interno ou código de barras do produto. Quando é inserida uma informação numérica, o sistema pode buscar por esta tela e insere o item instantaneamente. No entanto, se letras forem informadas será aberta a tela de produtos.

Na parte inferior da tela, há uma pequena legenda mostrando alguns comandos que podem ser executados ao vender o item, são eles:

[Insert=Quantidade]: Insert é a tecla para acionar a alteração de quantidade ao lançar o item. Precisa ser pressionada antes de lançar o item, pois o comando de lançar item é enviado para o ECF com a quantidade. Sendo assim, para lançar um item com quantidade maior do que 1 (um), pressione Insert informe a quantidade, depois informe o item.

Na tela abaixo, a quantidade pode ser informada digitando o valor no campo, pressionando os botões para adição e subtração nos lados do campo ou pressionando as teclas ‘+’ e ‘-‘ no teclado.

[Home=Preço]: para conceder descontos ou aplicar acréscimos ao valor do item, antes de informar o produto, pressione a tecla Home. Neste caso, como o sistema precisa saber o preço do produto para aumentar ou diminuir o preço, depois de pressionar a tecla Home, informe o item, então o sistema apresentará a imagem abaixo para alteração de preços.

Nesta tela, para alterar o valor é necessário definir o tipo de alteração que será aplicado no valor unitário.

Ao abrir a tela é trazido por padrão a alteração no valor final, assim, o valor informado no campo da alteração será considerado o como o valor unitário de venda.

Caso queira que o sistema calcule o valor final informando o desconto, clique no botão “- desconto” ou pressione a tecla do sinal de subtração (-) no seu teclado. Escolhendo a alteração como desconto, ainda é possível determinar se o desconto será concedido em valor ou percentual, e pode alternar entre as duas opções clicando nos botões que serão mostrados na direita, ou pressionando as teclas ‘$’ (Shift + 4) e ‘%’ (Shift + 5).

Se optar por aplicar um acréscimo, basta clicar no botão “+ acréscimo” ou pressionar a tecla de adição (+) no seu teclado. Assim como no desconto, pode escolher o tipo de acréscimo, se em valor ou percentual.

[Del=Cancela item]: para cancelar o item selecionado na lista de itens vendidos, basta pressionar a tecla Delete ou Del. É possível percorrer entre os itens da lista pressionando as teclas direcionais do teclado (para cima e para baixo).

Efetuando o cancelamento do item, será apresentada a tela acima. Ao pressionar Del, já é trazido o código do item selecionado e a quantidade lançada para ser cancelada, então basta pressionar Enter caso seja o item certo.
Caso a lista de itens seja extensa, para não ser necessário percorrer até o item e depois cancelar, existem dois campos para acesso rápido na parte superior da tela de cancelamento. No primeiro campo, basta informar o número sequencial do item no cupom e pressionar Enter ou clicar no botão ““, e o sistema carregará os dados do item e cancelá-lo.
Se possuir o código do item, bata informá-lo no campo código, pressionar Enter e também terá os dados do produto carregado.
É possível também utilizar um leitor de código de barras, caso o item tenha sido lançado por este código. Para alternar entre os campos, não há necessidade de usar o mouse, podem ser usadas as teclas direcionais do seu teclado.

Se ao vender o item, lançar quantidade 4 (quatro) e ao cancelar informar 3 (três), serão canceladas as quatro unidades do item, e um novo será lançado com quantidade 1 (um).

[F5=Atualizar]: pressionando a tecla F5, o sistema reconectará ao banco de dados para atualizar quaisquer informações que tenham sido alteradas com o cupom aberto.

[*=Balança]: para informar o peso do produto a ser lançado como quantidade, antes de informar o item, pressione a tecla asterisco (*) para que seja acionada a balança conectada ao computador. Lembrando que ela deve estar informada nas configurações de periféricos. Depois da balança ter retornado o peso, lance o item no cupom e o peso será levado em consideração como a quantidade.

Dica: o programa também pode ser configurado para acionar a balança automaticamente quando for lançado um produto pesável.

Produtos (F8)

Ao pressionar a tecla F8 no teclado, ou lançar um produto através da descrição, a tela abaixo será apresentada. A busca é aprimorada, pois procura no cadastro de produtos por itens que tenham a descrição igual ao que foi digitado, depois por produtos cuja descrição inicie com o que foi digitado, depois por produtos que contenham o que foi digitado em parte de sua descrição. Caso a busca fonética esteja ativada nas configurações do frente de caixa, ela também será considerada na pesquisa.

Ainda com o foco no campo de pesquisa, é possível selecionar um determinado item na lista utilizando as setas do teclado para mover entre os itens. Com o item selecionado, pressione Enter e será carregado o código interno do item. Mais um enter e o item será vendido. Também pode ser utilizado o duplo clique sobre o item na lista.

Dica: o produto também pode ser lançado pelo código do fabricante, desde que informado no cadastro do produto. Pressione a tecla Page Up para que o frente de caixa faça a busca pelo código do fabricante.

Cancelar Item (Del)

caixa14_cupom_aberto_lateral_cancelar

Também pode ser acionada por este botão a função de cancelar item, já explicada anteriormente.

Pesar (*)

caixa14_cupom_aberto_lateral_pesar

Botão para acionamento da balança, caso conectada ao computador, também pode ser utilizada a tecla ‘*’ (asterisco), como explicado anteriormente.

Cancelar venda (F4)

caixa14_cupom_aberto_lateral_cancelar_cupom

Botão para cancelamento do cupom aberto, pode ser acionado pela tecla F4.

Pagamento (F3)

caixa14_cupom_aberto_lateral_pagamento

Clicando neste botão ou pressionando a tecla F3, será apresentada a tela de fechamento do cupom, detalhada logo abaixo.

Finalização do cupom fiscal

Dica: o cupom pode ser rapidamente finalizado à vista, em dinheiro e sem troco, pressionando a tecla F12.

Após o lançamento de todos os itens da venda no cupom fiscal, ele deve ser finalizado. Pressionando a tecla F3 será apresentada a tela de fechamento do cupom:

Na parte superior da tela, serão mostrados o nome do cliente e do vendedor quando indicados no cupom. Para incluir ou alterar essas informações, pressione a tecla de atalho indicada para cada informação (F7 para cliente e F6 para vendedor).

Na tela de fechamento (F3) serão listadas todas as formas de pagamento cadastradas na impressora fiscal.

Para finalizar com apenas uma forma de pagamento, basta digitar o valor recebido na linha em questão e pressionar Enter para que o sistema calcule o troco, se houver. Caso o valor recebido seja o valor da venda, basta pressionar Enter na linha da forma de pagamento, e o campo será preenchido com o valor restante.
É possível utilizar mais de uma forma de pagamento.

Importação de documentos auxiliares – importar (F5)

O frente de caixa permite a importação para o cupom fiscal dos módulos auxiliares de venda: DAV, DAV-OS, Pré-venda e também do módulo adicional GFood (conta cliente).

Na tela principal do frente de caixa, na opção importar (F5), será mostrado o menu com as opções de importação.

gdoor14_frentecaixa_importar

Ao utilizar a tecla PAGEDOWN também é possível efetuar a importação direta da conta desejada.

Importação das informações de um D.A.V para o frente de caixa

Na tela principal do frente de caixa, pressione a tecla F5 ou clique na opção importar (F5), no menu de opção selecione a opção D.A.V (F2).

O sistema mostrará a tela com a relação de D.A.V’s para importação.

gdoor14_frentecaixa_importadav

Na tela de importação do D.A.V, estarão disponíveis os seguintes campos e botões:

  • Localizar: campo utilizado para pesquisa dos D.A.V´s lançados. Ao posicionar o cursor do mouse sobre uma coluna na grid, o sistema assumirá aquela coluna para a consulta deste campo;
  • Número: informa o nº do(s) D.A.V(´s) na listagem;
  • Data: data de emissão do(s) D.A.V(´s) consultado(s);
  • Ficha: campo para controle interno lançado diretamente no D.A.V;
  • Cliente: nome do cliente lançado no D.A.V;
  • Valor total: valor total do(s) D.A.V(´s) consultado(s);
  • Importar (F2): botão para geração de nova venda no cupom a partir do D.A.V selecionado;
  • Cancelar (F4): o sistema importará o D.A.V para o cupom e após cancelará o cupom, fazendo com que o D.A.V não fique mais disponível para utilização.
  • Imprimir (F9): imprime um relatório de conferência do D.A.V selecionado;
  • Fechar: sai da tela de importação.

Importação das informações de uma pré-venda para o frente de caixa

Na tela principal do frente de caixa, pressione a tecla F5 ou clique na opção importar (F5), no menu de opção selecione a opção Pré-venda (F3).

O sistema mostrará a tela com a relação de pré-vendas para importação.

gdoor14_frentecaixa_importapreven

Na tela de importação de pré-venda, estarão disponíveis os seguintes campos e botões:

  • Localizar: campo utilizado para pesquisa das pré-vendas lançadas. Ao posicionar o cursor do mouse sobre uma coluna na grid, o sistema assumirá aquela coluna para a consulta deste campo;
  • Número: informa o nº da(s) pré-venda(s) na listagem;
  • Data: data de emissão da(s) pré-venda(s) consultada(s);
  • Ficha: campo para controle interno lançado diretamente na pré-venda;
  • Cliente: nome do cliente lançado na pré-venda;
  • Valor total: valor total da(s) pré-venda(s) consultada(s);
  • Importar (F2): botão para geração de nova venda no cupom a partir da pré-venda selecionada;
  • Cancelar (F4): o sistema importará a pré-venda para o cupom e após cancelará o cupom, fazendo com que a pré-venda não fique mais disponível para utilização;
  • Fechar: sai da tela de importação.

Importação das informações de uma conta cliente (GFood) para o frente de caixa

Na tela principal do frente de caixa, pressione a tecla F5 ou clique na opção importar (F5), no menu de opção selecione a opção conta cliente (GFood) (F8).

O sistema mostrará a tela com a relação de contas cliente (GFood) para importação.

gdoor14_frentecaixa_importacomanda

Na tela de importação de contas cliente (GFood), estarão disponíveis os seguintes campos e botões:

  • Localizar: campo utilizado para pesquisa das contas cliente (GFood) lançadas. Ao posicionar o cursor do mouse sobre uma coluna na grid, o sistema assumirá aquela coluna para a consulta deste campo;
  • Número: informa o nº da(s) contas cliente (GFood) na listagem;
  • Data: data de emissão da(s) contas cliente (GFood) consultada(s);
  • Cliente: nome do cliente lançado na conta cliente (GFood);
  • Valor total: valor total da(s) contas cliente (GFood) consultada(s);
  • Importar (F2): botão para geração de nova venda no cupom a partir da conta cliente (GFood) selecionada;
  • Cancelar (F4): o sistema importará a conta cliente (GFood) para o cupom e após cancelará o cupom, fazendo com que a conta cliente não fique mais disponível para utilização;
  • Imprimir (F9): imprime um relatório de conferência da conta cliente (GFood) selecionada;
  • Fechar: sai da tela de importação.

Importação das informações de uma nota manual para o frente de caixa

Na tela principal do frente de caixa pressione a tecla F5 ou clique na opção importar (F5) e no menu de opção selecione a opção nota manual (F6).

A nota manual está destinada ao registro das notas Série D, emitidas somente quando não houver a possibilidade de emissão do Cupom Fiscal pela Impressora Fiscal.
A obrigatoriedade da nota manual está no Ato COTEPE, visto abaixo:

Ato COTEPE/ICMS 06/08 ANEXO I, Requisito XVII, item 1:

O PAF-ECF deve impedir o seu próprio uso sempre que o ECF estiver sem condições de emitir documento fiscal, devendo, neste caso, disponibilizar exclusiva e obrigatoriamente as seguintes funções:
a) de consultas,
b) de emissão de documento fiscal por PED, se o PAF-ECF executar esta função, condição que será parametrizável conforme legislação da unidade federada;
c) para registro automático ou manual, das informações necessárias à geração do arquivo de que trata o requisito XXVIII, referentes aos documentos fiscais emitidos, devendo:
c1) o registro ocorrer em tela diversa da que registra os dados para a emissão do cupom fiscal, podendo estar protegida por senha;
c2) ser realizado um registro para cada documento fiscal emitido;
d) para registro e controle de consumo previsto no requisito XXXVIII;
e) para geração dos arquivos previstos no requisito VII que não dependam do funcionamento do ECF interligado fisicamente ao computador onde esteja instalado o PAF-ECF.

Em alguns estados, a nota manual deverá ser lançada diretamente no frente de caixa: BA, AM, DF, GO, MA, MS, PE, RJ, RR, SC, TO.

Demais estados, a nota manual funcionará somente se utilizado o executável NotaManual1.exe para lançá-las, que poderá ser encontrado junto ao diretório padrão do sistema.

Para os estados em que a nota manual deve ser lançada diretamente no frente de caixa, o sistema apresentará inicialmente uma tela solicitando que seja informado o número da nota manual:

gdoor14_frentecaixa_importanmanualfc

Após, solicitará o preenchimento da série:

gdoor14_frentecaixa_importanmanualserie

Após, a Sub Série:

gdoor14_frentecaixa_importanmanualsubs

Em seguida, o sistema abrirá um cupom para o lançamento das informações, sendo que todo o procedimento deste lançamento obedecerá as funções normais do frente de caixa.

Já para os estados em que a nota manual deve ser lançada por meio do executável NotaManual1.exe, o frente de caixa não poderá utilizar tal opção. Ao tentar acessar a importação de notas manuais pelo frente de caixa, retornará a mensagem:

gdoor14_frentecaixa_importanmanualoutro

No tópico nota manual, explicaremos detalhadamente a função utilizada através do executável.

Importação das informações de um D.A.V-O.S. para o frente de caixa

Na tela principal do frente de caixa pressione a tecla F5 ou clique na opção importar (F5), no menu de opção selecione a opção D.A.V O.S (F4).

O sistema mostrará a tela com a relação de D.A.V – O.S para importação.

gdoor14_frentecaixa_importadavos

Na tela de importação do D.A.V – O.S., estarão disponíveis os seguintes campos e botões:

  • Localizar: campo utilizado para pesquisa dos D.A.V – O.S´s lançados. Ao posicionar o cursor do mouse sobre uma coluna na grid, o sistema assumirá aquela coluna para a consulta deste campo;
  • Número: informa o nº do(s) D.A.V – O.S(´s) na listagem;
  • Data: data de emissão do(s) D.A.V – O.S(´s) consultado(s);
  • Ficha: campo para controle interno lançado diretamente no D.A.V – O.S;
  • Cliente: nome do cliente lançado no D.A.V – O.S;
  • Valor total: valor total do(s) D.A.V – O.S(´s) consultado(s);
  • Importar (F2): botão para geração de nova venda no cupom a partir do D.A.V – O.S selecionado;
  • Cancelar (F4): o sistema importará o D.A.V – O.S para o cupom e após cancelará o cupom, fazendo com que o D.A.V – O.S não fique mais disponível para utilização;
  • Imprimir (F9): imprime um relatório de conferência do D.A.V – O.S selecionado;
  • Fechar: sai da tela de importação.

Para todos os processos de importação, ao clicar em importar ou utilizar o atalho F2, o sistema solicitará a confirmação para lançar os itens em um novo cupom fiscal, conforme segue abaixo:

gdoor14_frentecaixa_importaconfirm

Após a confirmação, abrirá a tela principal de lançamento dos itens:

gdoor14_frentecaixa_importafinaliz

Nesta tela é possível incluir ou cancelar itens, porém estas alterações serão feitas somente no cupom fiscal (frente de caixa) e não nos módulos auxiliares de onde foram importadas as informações.

A tela de finalização da importação nada mais é do que a tela de “emissão de cupom”.

Receber (F6)

A solução GDOOR possui o recurso de efetuar recebimentos no frente de caixa, porém é necessário configuração, para isso basta pressionar F9, novamente F9, na aba geral selecionar a opção recebimentos, seguido do botão salvar.

É possível realizar o recebimento dos títulos cadastrados no contas a receber pelo frente de caixa. Para isso na tela principal do frente de caixa pressione a tecla F6, ou clique na opção receber (F6). Esta opção aparecerá somente se o sistema estiver configurado para fazer o recebimento.

Ao pressionar F6 na tela principal, o sistema apresentará a tela de recebimento de contas, que sempre será apresentada sem nenhuma informação. As informações aparecerão na listagem conforme a inserção das mesmas no campo.

gdoor14_frentecaixa_receb01

A busca das informações pode ser feita de 5 maneiras a partir do campo pesquisar:

  • Cód. cliente: efetua pesquisa pelo código do cliente, conforme a digitação, o sistema apresentará as parcelas do código localizado;
  • Nome cliente: efetua pesquisa pelo nome do cliente, conforme a digitação, o sistema apresentará as parcelas do nome localizado;
  • Documento: efetua pesquisa pelo número do documento, conforme a digitação, o sistema apresentará as parcelas do número localizado;
  • Informação: esta opção faz uma busca dinâmica, pode ser informado código, nome do cliente ou número do documento. O sistema fará uma busca pelos três campos, até encontrar a informação desejada pelo operador.
  • A quinta maneira de fazer a busca, é passar o código de barras impresso no carnê de pagamento. Esta impressão no carnê de pagamento, dependerá da impressora fiscal.

O sistema permite que seja efetuado o recebimento total ou parcial de parcelas, bem como, o recebimento de várias parcelas em uma única operação. O recebimento de várias parcelas pode ser do mesmo cliente ou de clientes diferentes.
Para efetuar o recebimento da parcela, insira o código, nome do cliente, número do documento ou ainda leia o código de barras no campo de digitação das informações (campo ao lado das opções de pesquisar). Conforme as informações estão sendo digitadas o sistema mostrará as parcelas na listagem.
Com as parcelas na listagem, use as teclas direcionais do teclado (para cima e para baixo) parar mover as opções. Quando estiver sobre a parcela que será recebida selecione-a usando a tecla de ESPAÇO, a tecla ENTER ou até mesmo o duplo clique do mouse. O sistema apresentará uma tela com as informações da parcela que será recebida.

gdoor14_frentecaixa_receb02

A tela da parcela selecionada apresenta as seguintes informações e funções:

  • Valor: valor original da parcela;
  • Valor atual: valor da parcela com o valor corrigido, somando a taxa de juros. A taxa de juros para atraso deve ser configurada nas opções de configurações do GDOOR;
  • Valor recebido: valor que será recebido da parcela selecionada. O sistema trará como padrão o valor original da parcela, ou o valor atual da parcela (ver configuração do caixa). Este valor pode ser alterado para recebimento parcial da parcela;
  • Tipo (receber): a opção tipo receber, faz com que o sistema considere a parcela recebida, registrando o valor informado no campo valor recebido como valor recebido pela parcela. Caso exista alguma diferença do valor da parcela/valor atual com o valor recebido, o sistema registrará esta diferença como juro ou desconto;
  • Tipo (nova do restante): a opção tipo nova do restante, faz com que o sistema crie uma nova parcela com a diferença do valor recebido e o valor da parcela ou valor atual. Esta opção é usada quando a parcela for recebida parcialmente;
  • OK: confirma a operação de seleção da parcela selecionada.

Para fazer o recebimento de mais de uma parcela, repita os passos de seleção de parcela para cada uma das parcelas que será recebida. O sistema destacará as parcelas selecionadas. Caso deseje desmarcar alguma das parcelas, utilize a barra de espaço ou ENTER.

gdoor14_frentecaixa_receb03

Com todas as parcelas selecionadas pressione F6 ou clique no botão receber.
A tela mostra as seguintes informações.

gdoor14_frentecaixa_receb04
  • Espécie: quadro para selecionar a espécie (meios de pagamento) em que serão recebidas as parcelas;
  • Valor: campo utilizado por espécie, onde deve ser informado o valor para cada espécie utilizada no pagamento;
  • Valor total: valor total a ser recebido das parcelas selecionadas;
  • Recebido: valor já informado em alguma espécie. Esta informação será alterada na medida em que são inclusos valores no campo de valor nas espécies e mostrará a soma total preenchida em tais campos;
  • Falta pagar/troco: valor que ainda falta pagar após preenchimento dos valores das espécies, caso fique abaixo do total devido. Se o total recebido ultrapassar o total devido, o campo de falta pagar alterará para troco e mostrará o valor a maior que foi lançado para que seja dado como troco;
  • Receber (F6): confirma o recebimento as parcelas selecionadas;
  • Sair: sai da tela recebimento.

Ao pressionar F6 ou apertar o botão receber (F6) o sistema apresentará uma mensagem de confirmação de recebimento conforme abaixo:

gdoor14_frentecaixa_receb05

Caso selecione NÃO, o sistema não fará o recebimento, voltando para tela de recebimento.
Caso selecione SIM, o sistema fará o recebimento das parcelas, imprimindo na impressora fiscal o recibo de pagamento em uma ou mais vias conforme configurado.

Quando a operação terminar o sistema emitirá um aviso de operação completada.

gdoor14_frentecaixa_receb06

Supervisor (F9)

A opção supervisor pode ser acessada também pelo atalho F9, abrirá uma tela secundária onde haverão as seguintes opções:

gdoor14_frentecaixa_supervisor

No botão de configurações ou pelo atalho F9, dentro do menu supervisor (F9), é possível efetuar todas as configurações do módulo frente de caixa. Maiores detalhes serão mostrados no tópico de configurações mais abaixo.

gdoor14_frentecaixa_botaodadosimp

Nesta opção serão apresentados os dados do ECF com todas as informações que foram cadastradas na mesma durante a sua lacração. Para acessar os dados da impressora fiscal, entre em supervisor (F9) e selecione a opção dados impressora fiscal (F1).

Para melhor organização, as informações estão dispostas em abas. Ao todo são 5 abas:

Dados

gdoor14_frentecaixa_dadosecfdados

Na aba dados, existem diversos quadros com informações gerais a respeito do ECF. Abaixo segue uma breve explicação sobre cada quadro.

  • Impressora fiscal: neste quadro estarão as informações a respeito do nº de fabricação, marca, modelo, versão, nº de loja e do caixa onde o ECF está sendo utilizado. Também a informação se o ECF arredondará ou truncará valores. Essas informações são configuradas na lacração do ECF.
  • Proprietário: informações referentes ao proprietário para qual o ECF foi registrado.
  • Datas: apresentará as datas e horários atuais, do movimento e também do Software Básico (esta informação vem do fabricante).
    Também no quadro de datas é possível entrar e sair do modo de horário de verão.

    Entrar verão: adianta em 1 hora o horário da impressora para entrar no horário de verão. Para isso, siga os passos:
  1. Em algumas impressoras ao clicar em entra verão o sistema fará a Redução Z e entrar em horário de verão;
  2. Certifique-se que sua impressora não esteja em horário de verão, para isso, emita uma Leitura X (ao lado da hora da impressora será impresso HV ou V);
  3. Deixe o horário do computador igual ao horário da impressora;
  4. Após emitir a Redução Z (somente no final do dia), clique em entra verão e aguarde o retorno da impressora;
  5. Emita uma nova Leitura X para certificar-se do horário da impressora;
  6. Ajuste o horário do computador para que fique igual ao horário da impressora.

    Sair verão: atrasa em 1 hora o horário da impressora para sair do horário de verão. Para isso, siga os passos:
  1. Certifique-se que sua impressora esteja em horário de verão. Para isso, emita uma Leitura X (ao lado da hora da impressora será impresso HV ou V);
  2. Deixe o horário do computador igual ao horário da impressora;
  3. Após emitir a Redução Z (somente no final do dia), aguarde 1 hora e clique em sair verão, aguarde o retorno da impressora. Este procedimento pode ser feito também antes de fazer a abertura do dia;
  4. Emita uma nova Leitura X para certificar-se do horário da impressora;
  5. Ajuste o horário do computador para que fique igual ao horário da impressora.
  • Outras informações: neste quadro serão apresentados alguns totalizadores do ECF, assim como nº de série da memória fiscal.

Alíquotas (totalizadores fiscais)

gdoor14_frentecaixa_dadosecfaliq

Apresenta os totalizadores fiscais (alíquotas) cadastrados na impressora fiscal. Ao lado de cada alíquota está o tipo de totalizador (ICMS ou ISS).
Para cadastrar um novo totalizador, deve-se solicitar ao técnico/empresa responsável pela lacração da impressora fiscal, pois diretamente pelo sistema não é possível.

Espécies (formas de pagamentos)

gdoor14_frentecaixa_dadosecfespec

Mostra as espécies de recebimento (cheque, dinheiro, cartão, prazo) cadastradas na impressora fiscal.
Para o funcionamento correto do frente de caixa, faz-se necessário cadastrar obrigatoriamente as espécies: dinheiro, a prazo e cartão TEF.

As demais espécies desejadas devem ser cadastradas pelo técnico/empresa responsável pela lacração da impressora fiscal, pois diretamente pelo sistema não é possível.

Relatório gerencial

gdoor14_frentecaixa_dadosecfrelger

Apresenta os relatórios gerenciais cadastrados na impressora fiscal. Estes relatórios são utilizados para impressão de documentos não fiscais, como por exemplo: comprovante TEF, identificação do PAF-ECF, carnê de pagamento, etc…

Para o funcionamento correto do frente de caixa, faz-se necessário cadastrar os relatórios: PRAZO, TEF, PAF_ECF, IDENT.PAF_ECF, PARAM.CONFIG e DAV.
Os demais devem ser cadastrados pelo técnico/empresa responsável pela lacração da impressora fiscal, pois diretamente pelo sistema não é possível.

Totalizadores não fiscais

gdoor14_frentecaixa_dadosecftotnfisc

Apresenta os totalizadores não fiscais (suprimento, sangria, recebimentos) cadastrados na impressora fiscal.

Para o funcionamento correto do frente de caixa, faz-se necessário cadastrar os totalizadores: sangria, suprimento e recebimentos.
Os demais devem ser cadastrados pelo técnico/empresa responsável pela lacração da impressora fiscal, pois diretamente pelo sistema não é possível.

gdoor14_frentecaixa_botaotrocaoper

A opção troca de operador é utilizada para alternar entre um usuário e outro, obedecendo sempre o que foi configurado nas permissões de acesso configuradas no GDOOR para cada usuário.

gdoor14_frentecaixa_trocaoper
gdoor14_frentecaixa_botaorecupermvto

A opção recuperar movimento foi inserida no caixa, devido a uma modificação na geração dos arquivos fiscais Sintegra, SPED Fiscal e SPED PIS/COFINS. A nova geração é feita a partir de outras tabelas que antes não eram utilizadas para este fim, e para migrar os dados antigos para essas novas tabelas, utilizamos esta função.

gdoor14_frentecaixa_recupmvto

Este arquivo será gerado no padrão MFD, e conterá informações detalhadas de todas as vendas feitas pela impressora fiscal no período selecionado.

Após a geração, é possível:

gdoor14_frentecaixa_arquivorecp
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Salvar no banco de dados: salvar a movimentação a ser recuperada diretamente no banco de dados.
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.
gdoor14_frentecaixa_botaocat52

Com base na legislação CAT52, diversos estados exigem um arquivo com informações detalhadas das vendas. Este arquivo é uma junção do Arquivo MFD e da Leitura da Memória Fiscal, mas no formato TDM, conforme o Ato Cotepe 17/04.

No frente de caixa existe uma opção para gerar o arquivo e os registros de acordo com a exigência de cada estado. No menu supervisor (F9) será apresentada uma opção para geração do arquivo pela opção CAT 52 (F5).
Basta clicar na opção e será solicitado o período para a geração do arquivo.

gdoor14_frentecaixa_cat52periodo

Este processo pode demorar, dependendo do fluxo de vendas do cliente, pois o sistema efetuará o download completo da memória fiscal do ECF para geração dos dados necessários. Após concluída a geração do arquivo, será apresentada a tela abaixo:

gdoor14_frentecaixa_cat52

Nesta tela é possível:

  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.
gdoor14_frentecaixa_botaoabrdia

Em alguns modelos de ECF, na primeira abertura diária, o sistema verificará se a mesma necessita de abertura do dia. Se houver necessidade o sistema mostrará um aviso na tela.
Esta verificação/solicitação será feita de acordo com o ECF, portanto é possível que o sistema solicite apenas a emissão da Redução Z pendente na maioria dos casos.

Caso ocorra, pressione OK na mensagem de abertura, na tela principal do frente de caixa, pressione F9 ou clique na opção supervisor (F9), e opte pela opção abertura do dia, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

gdoor14_frentecaixa_aberturaconf

Após confirmação da abertura do dia, o sistema abrirá a tela de lançamento de valor para abertura do dia.

Nesta tela, informe o valor com o qual o dia começará e clique em OK, o sistema emitirá uma leitura X e também o comprovante de suprimento com o valor da abertura do dia.

gdoor14_frentecaixa_aberturavlr

Após efetuar a abertura do dia, o frente de caixa já estará pronto para efetuar vendas. A opção abertura do dia, só ficará disponível depois do fechamento do dia.

Em alguns casos, a opção abertura do dia pode não aparecer no sistema e a emissão do cupom poderá ser feita normalmente, ocorrerá quando a impressora não necessitar de abertura dia.
Esta situação pode ocorrer quando o primeiro documento impresso no dia for um relatório gerencial (ex. Leitura X ou quando a redução não for feita no dia do movimento e existir comandas (GFood) ou DAV-OS em aberto, com data do movimento da redução Z, sendo assim, o primeiro documento do dia será um relatório gerencial das comandas ou DAV-OS abertos).

gdoor14_frentecaixa_botaosupriment

O módulo frente de caixa permite que seja feito um suprimento (reforço) de valores monetários no emissor de nota fiscal. Este reforço de valores ficará registrado e será mostrado no fechamento do dia e na redução Z.
Para fazer o suprimento pressione F9 ou clique na opção supervisor (F9), e selecione a opção suprimento (F3). Na tela de lançamento de valores, informe o valor do suprimento (reforço) e clique em OK. O valor do suprimento (se configurado) será integrado com o módulo de caixa do GDOOR.

gdoor14_frentecaixa_suprimento
gdoor14_frentecaixa_botaosangria

O módulo frente de caixa permite que seja feita uma sangria (retirada) de valores monetários do emissor de nota fiscal. Esta retirada de valores ficará registrada e será mostrada no fechamento do dia e na redução Z.
Para fazer a sangria, pressione F9 ou clique na opção supervisor (F9). Opte pela opção sangria (F4). Na tela lançamento de valores, informe o valor da sangria (retirada) e clique em OK. O valor da Sangria (se configurado) será integrado com o módulo de caixa do GDOOR. Baseado nas movimentações do dia (entradas e saídas) o sistema sugerirá o valor de sangria (retirada).

gdoor14_frentecaixa_sangria

Para finalizar o dia, pressione F9 ou clique na opção supervisor (F9), opte pela opção fechamento do dia. Essa operação deverá ser feita somente ao concluir o expediente, pois ao encerrar o dia, a impressora fiscal ficará inoperante até o dia seguinte.
Ao finalizar o dia, o sistema frente de caixa fará a redução Z (Arquivos R2 e R3), extraindo da impressora fiscal as informações necessárias para a geração do Sintegra e SPED, gravando estas informações no banco de dados do sistema. Caso não realize o fechamento do dia, ao abrir o caixa no dia seguinte, o sistema solicitará o fechamento do dia anterior.

gdoor14_frentecaixa_redpend

Caso não seja efetuado o fechamento no dia correto, poderá implicar em erro no arquivo do Sintegra.
O fechamento será realizado somente após a confirmação do mesmo.

Ao fazer a redução Z, o sistema imprimirá em um relatório gerencial antes, com número, data e hora das contas cliente (GFood) em aberto. Também, se houver pré-venda aberta a mais de 24 horas, o sistema fará um cupom fiscal referente cada pré-venda e depois cancelará o cupom fiscal referente a pré-venda.
Para que os valores das vendas feitas no cupom sejam inseridos no livro caixa, emita uma leitura X antes do fechamento, com esta leitura X, informe em uma sangria qual valor será transferido para o livro caixa.

gdoor14_frentecaixa_fechdia

Algumas impressoras não dão suporte ao fechamento, caso o mesmo não tenha sido feito no dia da movimentação. Nestes casos será necessário tirar a redução Z pelo menu de supervisor (F9), e digitar manualmente as informações da redução Z para o Sintegra e SPED.

Neste menu temos todas as funções obrigatórias do PAF-ECF. Para ter acesso ao menu fiscal na tela principal do frente de caixa, clique na opção menu fiscal (F10) ou pressione a tecla F10.

Algumas opções do menu fiscal podem ficar inativas caso o sistema não esteja configurado para usar o módulo adicional GFood.

Todas as descrições, requisitos, item, parágrafos descritos nas opções do menu fiscal, são referente ao Roteiro de Análise Funcional do PAF-ECF aplicável a versão 02.03 da ER-PAF-ECF.

As funções deste menu, em geral serão utilizadas pelo seu contador ou órgão de regulamentação fiscal de seu estado.

gdoor14_frentecaixa_menufiscal

As opções do menu fiscal são:

  • LX (F8): emite a leitura X na impressora fiscal;
  • LMF (F9): opção para emitir a leitura da memória fiscal. Esta função enviará o comando diretamente para a impressora fiscal, efetuando a impressão das informações. Não é possível gerar o arquivo físico nesta rotina.
gdoor14_frentecaixa_lmf01

Completa: opção para emitir leitura da memória fiscal completa. Esta leitura pode ser emitida das seguintes maneiras:

gdoor14_frentecaixa_lmf02

Data: permite determinar um período e enviar a leitura para impressora.

gdoor14_frentecaixa_lmf06

CRZ: Permite determinar um intervalo de reduções e enviar a leitura para impressora.

gdoor14_frentecaixa_lmf07

Simplificada: opção para emitir leitura da memória fiscal simplificada. Esta leitura pode ser emitida das seguintes maneiras:

gdoor14_frentecaixa_lmf03

Data: permite determinar um período de data e enviar a leitura para impressora.

gdoor14_frentecaixa_lmf04

CRZ: permite determinar um intervalo de reduções e enviar a leitura para impressora.

gdoor14_frentecaixa_lmf05

Arq. MF e o Arq. MFD são arquivos extraídos direto da memória fiscal do ECF. Segundo a legislação do PAF ECF deve ser gerado de toda a memória do ECF, não pode haver uma data inicial e final, devendo constar todo o período desde a ativação do ECF.

Estes dados serão gerados em um arquivo binário e outro texto, estes arquivos não são criados pelo sistema. O sistema GDOOR, pelo frente de caixa, solicita para a impressora fiscal, o que gera o arquivo é a própria dll da impressora fiscal. Após a finalização da geração pela dll, o sistema apresenta em tela o local em que foi gerado este arquivo para que o usuário possa abri-lo ou gravá-lo onde desejar.

Vamos explicar cada um destes arquivos:

Arq. MF (F10): efetua a geração de um arquivo eletrônico no formato binário, com dados extraídos de toda a MF do ECF, contendo os seguintes tipos de registro: E01, E02, E03, E04, E05, E06, E07, E08, E09, E10, E11, E12, E13.
A geração do “Arq. MF” será toda a memória do ECF, este processo pode ser demorado dependendo da movimentação de sua impressora fiscal.
Se deseja gerar a mesma informação do Arq. MF, porém de um período específico, deve-se utilizar a função CAT52, disponível no menu supervisor.

A função desta forma segue a nova legislação do PAF ECF ER 02.01 do “ATO COTEPE/ICMS 9, DE 13 DE MARÇO DE 2013”.

REQUISITO VII
– item 4. “Arq. MF”, para comandar a gravação de arquivo eletrônico no formato binário com dados extraídos da MF do ECF, no mesmo subdiretório onde está instalado o PAF-ECF, devendo o programa aplicativo informar o local da gravação e assiná-lo digitalmente criando um arquivo TXT com mesmo nome contendo uma linha com o registro tipo EAD especificado no requisito XXXI.
Observação: para atender necessidades do estabelecimento usuário, o PAF-ECF poderá conter rotina destinada a comandar a conversão do arquivo binário em formato texto (TXT).

Após gerar o arquivo, o sistema abrirá a tela para que o usuário escolha as opções conforme abaixo:

gdoor14_frentecaixa_arqmfarq
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.

Arq. MFD (F11): efetua a geração de um arquivo eletrônico no formato binário com dados extraídos de toda a MFD do ECF, contendo os seguintes tipos de registro: E01, E02, E14, E15, E16, E17, E18, E19, E20 e E21.
Obs.: em alguns estados é solicitado o Arquivo MFD para o CAT52, neste caso não é este arquivo. Para gerar o CAT52 entre no menu supervisor e clique na opção CAT52.
A geração do “Arq. MFD” será toda a memória do ECF, este processo pode ser demorado dependendo da movimentação de sua impressora fiscal.
Se deseja gerar a mesma informação do Arq. MFD porém de um certo período específico, deve-se utilizar a função CAT52, disponível no menu supervisor.

A função desta forma segue a nova legislação do PAF ECF ER 02.01 do “ATO COTEPE/ICMS 9, DE 13 DE MARÇO DE 2013”.

REQUISITO VII – item 5.
“Arq. MFD”, para comandar a gravação de arquivo eletrônico no formato binário com dados extraídos da MFD do ECF, no mesmo subdiretório onde está instalado o PAF-ECF, devendo o programa aplicativo informar o local da gravação e assiná-lo digitalmente criando um arquivo TXT com mesmo nome contendo uma linha com o registro tipo EAD especificado no requisito XXXI.
Observação: para atender necessidades do estabelecimento usuário, o PAF-ECF poderá conter rotina destinada a comandar a conversão do arquivo binário em formato texto (TXT).

Após gerar o arquivo, o sistema abrirá a tela para que o usuário escolha as opções conforme abaixo:

gdoor14_frentecaixa_arqmfdarq
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.

Identificação do PAF-ECF (F1): efetua a impressão do relatório gerencial previsto no item 1 do requisito XLIII. A identificação do PAF-ECF contém as seguintes informações:

  • Número do laudo, que deverá ser extraído do laudo de análise do PAF-ECF;
  • Identificação da empresa desenvolvedora;
  • Identificação do PAF-ECF;
  • Demais arquivos autenticados;
  • Arquivos de autenticações;
  • Versão homologada do ER-PAF-ECF;
  • ECFs autorizados.
gdoor14_frentecaixa_botaoespelhomfd

Opção utilizada para gerar arquivo eletrônico da memória de fita detalhe. Esse arquivo é gerado no formato de “espelho” dos documentos nela contidos, com a possibilidade de selecionar por período de data. O espelho MFD será gerado em arquivo TXT.

Para gerar o espelho MFD, acesse o menu fiscal (F10), opção espelho MFD.

É possível efetuar a geração através da data desejada ou COO:

g16_pdv_mfd_data

Ao escolher a opção data, o sistema abrirá uma tela para informação da data inicial e final:

gdoor14_frentecaixa_espelhomfdperiodo

Após finalizada a geração, apresentará a tela onde é possível:

gdoor14_frentecaixa_arqpafecf
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.

É possível efetuar a geração através da data desejada ou COO:

g16_pdv_mfd_data

Ao escolher a opção COO, o sistema abrirá a tela para informar o Nº inicial e Nº final:

g16_pdv_mfd_coo

Vendas do período (F2): gera o arquivo eletrônico das operações de saída e das prestações praticadas, conforme layout estabelecido no manual de orientação do Convênio 57/95, devendo conter os registros tipo 10, 11, 75 e 90, e outro arquivo eletrônico contendo os registros do Ato COTEPE/ICMS 09/08, neste caso contendo ainda a tabela de blocos 0, H e 9, com possibilidade de seleção por período de data.

gdoor14_frentecaixa_menufiscalvendasper

Depois de gerar as vendas por período do Ato Convênio 57/95 e do Ato COTEPE/ICMS 09/08, será possível visualizar a tela de confirmação de geração do arquivo, com as opções de abrir o arquivo ou abrir a pasta onde foi salvo o arquivo, conforme tela a seguir.

Geração do arquivo no formato do Convênio 57/95: informe o período para a geração, aguarde concluir. O sistema mostrará no final da geração a opção de abrir o arquivo, ou abrir a pasta onde o arquivo gerado foi gravado.

gdoor14_frentecaixa_vendasper01
gdoor14_frentecaixa_periodovendasper

Após gerar o arquivo, o sistema abrirá a tela para que o usuário escolha as opções conforme abaixo:

gdoor14_frentecaixa_arqvendasper
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.

Geração do arquivo no formato do ato COTEPE/ICMS 09/08: informe o período para a geração, aguarde concluir. O sistema mostrará no final da geração a opção de abrir o arquivo, ou abrir a pasta onde o arquivo gerado foi gravado.

gdoor14_frentecaixa_vendasper02
gdoor14_frentecaixa_perfilvendasper
gdoor14_frentecaixa_periodovendasper02

Após gerar o arquivo, o sistema abrirá a tela para que o usuário escolha as opções conforme abaixo:

gdoor14_frentecaixa_arqvendasper02
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.

Tab. índice técnico produção (F3): gera arquivo eletrônico da tabela prevista no item 4 do requisito XXVII, quando for utilizada para atualização do banco de dados de estoque. Essa opção está disponível somente quando existir alguma operação com o GFood.
A tabela para a inserção de índices técnicos de produção, deve ser inserida pelo usuário do programa para possibilitar a baixa correspondente nos estoques, que será acessada para atualização e consulta por meio do menu da tela de operação do usuário. Nesta tela serão listados os produtos com IPPT definido no cadastro de estoque.

gdoor14_frentecaixa_indicetecnprod
  • Gerar arquivo (F8): gera um arquivo em formato TXT com a tabela técnica de produção do produto selecionado;
  • Fechar: sai da tela e volta para tela principal do frente de caixa.

Após gerar o arquivo, o sistema abrirá a tela para que o usuário escolha as opções conforme abaixo:

gdoor14_frentecaixa_arqtabindtecprod
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.

Parâmetros de configuração (F4): emite relatório gerencial pelo ECF, contendo a configuração programada no PAF-ECF em execução para os parâmetros de configuração, previstos nesta especificação.

As informações dos parâmetros de configuração são:

  • Número do laudo;
  • Empresa desenvolvedora;
  • Identificação e características do Programa Aplicativo Fiscal;
  • Funcionalidades;
  • Aplicações especiais;
  • Marcas e modelos de ECF compatíveis com o PAF-ECF.

Registros do PAF-ECF (F5): gera um arquivo eletrônico do tipo texto contendo todas as informações de movimentação registrada no período selecionado.

Dentre estas informações temos: dados do ECF conectado, redução Z emitida, cupons emitidos, itens vendidos, formas de pagamento, relatórios gerenciais, consumo em contas clientes, DAV emitidos, estoque total do período e estoque atual.

Este arquivo é gerado automaticamente na redução Z, que gera os dados conforme a movimentação referente a redução Z emitida.

O arquivo diário pode ser gerado manualmente, selecionando a opção arquivo diário no momento da geração do registros do PAF-ECF, assim, será gerado um arquivo para cada dia do período selecionado.
Este arquivo também é conhecido como “movimentação do ECF” em alguns estados.

Para geração do arquivo, acesse no frente de caixa a opção menu
fiscal (F10) e após, a opção registros do PAF-ECF (F5).
Ao acessar esta opção, o sistema abrirá a tela para escolha do intervalo para geração do arquivo:

gdoor14_frentecaixa_regpafdata

Após informar o intervalo (período), é possível escolher entre gerar o arquivo do período ou arquivo diário:

  • Arquivo do período: gerará apenas um arquivo com todas as informações do período informado;
  • Arquivo diário: gerará um arquivo por dia com as informações diárias.
gdoor14_frentecaixa_regpafarqper

Após a escolha do tipo de arquivo, abrirá uma tela solicitando a escolha do tipo de geração do estoque, total ou parcial:

gdoor14_frentecaixa_regpaftipo
  • Estoque total: ao escolher a opção, o sistema buscará as informações de todo o estoque;
  • Estoque parcial: ao escolher a opção, abrirá a tela para selecionar os produtos dos quais deseja gerar o arquivo com as informações:
gdoor14_frentecaixa_regpafestpar
  • Informar produto: botão utilizado para abrir a tela de pesquisa de produtos, para que seja inserido individualmente conforme desejar;
  • Confirmar: confirmará o processo e iniciará a geração do arquivo;
  • Sair (ESC): sai da tela.

Caso escolha a opção arquivo diário, abrirá o aviso abaixo e posteriormente, a tela para abertura dos arquivos:

gdoor14_frentecaixa_regpafarqdiario

Após a finalização do processo, tanto para estoque total quanto estoque parcial, o sistema abrirá a tela para que o usuário escolha as opções conforme abaixo:

gdoor14_frentecaixa_regpafarqarq
  • Abrir o arquivo: abrir o arquivo para visualização;
  • Abrir a pasta: abrir a pasta onde o arquivo gerado foi salvo;
  • Fechar: fecha a tela da informação do diretório onde foi criado o arquivo.

Transferência entre contas (F6): efetua a impressão do relatório gerencial previsto na alínea “a” do item 5 do requisito XXXVIII, no caso de PAF-ECF para restaurantes, bares e estabelecimentos similares. Usado para imprimir as mesas de origem, as mesas de destino ainda abertas e os respectivos produtos transferidos, com quantidade e preço unitário, registrados até o momento da emissão do relatório gerencial.

Contas abertas (F7): efetua a impressão do relatório gerencial previsto na alínea “b” do item 5 do requisito XXXVIII, no caso de PAF-ECF para restaurantes, bares e estabelecimentos similares.
Opção onde serão impressas todas as contas, individuais ou coletivas, de todos os consumos cujos cupons fiscais não foram impressos até o momento da emissão do relatório gerencial, informando a data e horário de abertura de cada mesa.

Produtos (F8)

A opção produtos abrirá uma janela para pesquisar pelos produtos cadastrados na base, que posteriormente podem ser lançados diretamente por essa tela para um cupom fiscal.

gdoor14_frentecaixa_produtos

Nesta tela, serão apresentados os seguintes campos:

  • Pesquisar: campo para digitação do código do produto, nome do produto ou código de barras;
  • Código: apresenta o código do(s) produto(s) consultado(s);
  • Cod. barra: apresenta o código de barras do(s) produto(s) consultado(s);
  • Descrição: apresenta a descrição do(s) produto(s) consultado(s);
  • QTD: quantidade em estoque do(s) produto(s) consultado(s);
  • UND: unidade de medida do(s) produto(s) consultado(s);
  • Valor. unit: valor unitário do(s) produto(s) consultado(s);
  • ST: situação tributária do produto. Conforme ECF conectado, aparecerá o índice da tributação;
  • AT: apresentará a informação do arredondamento ou truncamento do ECF conforme estiver configurado;
  • PT: tipo de produção configurada no cadastro do produto, se é própria ou de terceiros.

Com o cursor posicionado sobre o produto pesquisado, basta clicar 2x no mesmo, ou então utilizar a tecla ENTER para que abra um cupom fiscal com o produto em questão. Aparecerá a confirmação de abertura de nova venda, clique em sim para abri-la, caso contrário basta abortar o processo por meio do botão não.

gdoor14_frentecaixa_produtos02

A consulta de produtos pode ser utilizada também durante o lançamento dos itens, já dentro de um novo cupom fiscal utilizando o mesmo atalho, F8.
Para sair da tela de consulta de produtos basta apertar a tecla ESC ou clicar sobre o botão sair (ESC).

Clientes (F7)

O frente de caixa permite que um cliente, já cadastrado, seja selecionado no momento da venda, ou ainda, possibilita que um cliente que não está cadastrado no banco de dados seja informado.
O cliente pode ser informado ou selecionado antes da abertura da venda, durante ou na tela de fechamento. Em ambos os casos, o comando para chamar a tela de seleção ou indicação do cliente é F7, ou clicando no botão clientes (F7). Aconselhamos que o nome do cliente seja indicado antes do início da venda, para isso, configure o sistema para que o cliente seja solicitado na abertura da mesma.
Na figura abaixo, exemplo da tela de seleção do cliente e suas funções.

gdoor14_frentecaixa_clientes

Na tela de consulta de clientes existem diversas informações e opções.
Para efetuar uma consulta de cliente, basta informar o nome, CNPJ ou código no 1º campo da tela e após, a tecla ENTER.
Logo abaixo aparecerão as informações:

  • Código: código do cliente consultado;
  • CPF/CNPJ: CPF ou CNPJ do cliente consultado;
  • Nome: nome do cliente consultado.

Cadastrar (Ins): nesta tela também é possível efetuar o cadastramento de um novo cliente, o qual poderá ser utilizado posteriormente nos demais módulos do sistema.
Para cadastrar um novo cliente, basta utilizar o botão cadastrar (Ins).
Ao clicar no botão cadastrar apresentará a seguinte tela, com os campos para preenchimento:

gdoor14_frentecaixa_clientescad

Após o preenchimento, basta clicar em salvar ou utilizar a tecla de atalho “F3“, para gravar as informações cadastradas.

Configurações

As configurações do módulo frente de caixa, permitem que seja determinado como o sistema operará nas vendas. Para ter acesso as configurações do sistema, clique no botão supervisor (F9) e opte pela opção configuração.
A tela de configurações está divida em cinco abas: geral, aparência, vendas, periféricos e TEF.

Geral

Aba com as opções de configurações gerais para o programa frente de caixa.

conf_geral

A aba de configuração geral está dividida em quadros para melhor organização.

Caso seja marcada a opção de imprimir mensagem do PROCON, clique nos três pontos ao lado do campo para cadastrar a mensagem.

Esta opção permite configurar o frente de caixa para fazer recebimentos de títulos cadastrados no módulo de contas a receber. Ao efetuar a quitação do título, imediatamente será baixado o mesmo no módulo de contas a receber e será impresso na impressora fiscal um recibo de pagamento. Para configurar o frente de caixa para recebimento, siga os passos abaixo:

  • Recebimentos: quando marcada esta opção, o sistema mostrará na tela principal do frente de caixa, a opção de recebimento de contas (cadastradas no módulo de contas a receber no GDOOR).
  • Receber com juros (valor atual): com esta opção marcada o sistema mostrará o valor recebido do título já acrescido dos juros. A taxa de juros por atraso terá que estar cadastrada no GDOOR.
  • Integrar ao livro caixa: indica se o título recebido deverá ou não ter integração com o livro caixa.
  • Vias do recibo: indica em quantas vias será impresso o recibo de recebimento das parcelas.
  • Índice da ECF: campo destinado para informação da posição em que o relatório gerencial está cadastrado na impressora fiscal.

Para utilizar a opção de recebimentos, crie um totalizador não fiscal com o nome de recebimentos (verifique se na impressora já não existe este totalizador), para armazenar os valores dos recebimentos.
A inclusão deste totalizador, é realizada pelo técnico/empresa no momento da lacração do ECF.
Indique o totalizador não fiscal para o recebimento no campo correto, informe a quantidade de vias para a impressão do recibo de pagamento, caso deseje, marque também a opção de recebimento do título já acrescido dos juros por atraso, configurado no GDOOR e a integração deste lançamento ao livro caixa.
Depois de efetuar todas as configurações, o sistema frente de caixa estará pronto para efetuar o recebimento de contas que estão cadastradas no módulo de contas a receber.

Neste quadro é possível digitar até duas linhas de mensagem promocional, para que seja impressa no rodapé do cupom fiscal.

Ao utilizar esta opção, o sistema lançará no livro caixa, na conta configurada, toda movimentação de abertura, suprimento e sangria.

Quadro utilizado para selecionar o relatório gerencial para a “identificação do PAF-ECF”. Esta informação pode ser verificada através da impressão de uma leitura X, a qual apresentará na lista de relatórios gerenciais o nome do relatório e a posição.

Aparência

Aba com as opções de configurações de aparência da tela principal do módulo frente de caixa.

gdoor14_frentecaixa_aparencia

A aba de configuração de aparência está dividida em quadros para melhor organização.

Opção para escolha do modo de tela em que o módulo frente de caixa será aberto (tela cheia ou restaurado), também se os menus na tela principal deverão ficar fixos ou escondidos até que se posicione o mouse sobre um dos cantos da tela.

Opção para escolha da imagem de fundo que será mostrada nas telas do módulo frente de caixa. Na instalação do sistema algumas imagens são disponibilizadas por padrão. Caso deseje incluir outras imagens, basta acessar a pasta “C:\GDOOR Sistemas\GDOOR 2017\Layout” e incluí-las.

Opção para que sejam incluídas diversas imagens, que ficarão alternando na tela principal do módulo frente de caixa, dentro do tempo estipulado no campo “tempo de apresentação”. Todas as imagens inclusas nesta opção serão gravadas no diretório “C:\GDOOR Sistemas\GDOOR 2017\CAIXA\Publicidade”. Caso deseje incluir diversas imagens de uma vez, basta incluir nesta pasta em questão.

Opção para inclusão de uma mensagem rotativa, que será apresentada na tela principal do módulo frente de caixa.

Vendas

Aba com as opções de configurações para as vendas.

Esta aba está dividida em quadros para melhor organização.

Este quadro é destinado a configuração de funções envolvidas diretamente com a emissão do cupom fiscal.

Abrir cupom automaticamente: com esta opção marcada não é necessário pressionar o comando de abertura. Ao inserir o primeiro produto, o sistema abrirá automaticamente o cupom fiscal, após a impressão do primeiro item, o sistema permitirá a digitação do segundo item do documento. Quando esta opção estiver marcada, na tela principal do módulo frente de caixa será mostrado o campo para digitação de produtos antes da abertura do documento.

Solicitar o vendedor na abertura da venda: marcando esta opção, o sistema solicitará o vendedor ao abrir o documento para lançamento do cupom fiscal. Caso esta opção estiver desmarcada, o vendedor terá que ser selecionado no final da venda.

Solicitar cliente na abertura do cupom: com esta opção marcada, o sistema solicitará a informação do cliente ao abrir um novo cupom fiscal. O cliente também pode ser informado antes da abertura do cupom, através da opção clientes, na tela principal do frente de caixa caso esta opção esteja desmarcada.

Imprimir apenas CPF/CNPJ e nome do cliente: ao utilizar esta opção, na impressão do cupom fiscal com informação do cliente, apresentará apenas o CPF/CNPJ e nome do cliente utilizado na venda.

Imprime código ao invés de barras no cupom fiscal: selecionando esta opção, será impresso no cupom fiscal o código sequencial do produto, e não o código de barras. É necessário selecionar essa opção quando forem utilizados códigos de barras com mais de 13 dígitos, pois a impressora só permite a impressão de 13 dígitos no campo destinado ao código. Também para as impressoras Sweda é necessário estar com esta opção marcada.

Emitir som (beep) confirmando item vendido: marcando essa opção, a cada item vendido um beep será emitido, confirmando a venda do item. O sistema também emitirá um beep diferenciando quando não encontrar o item informado.

Solicitar quantidade após selecionar o produto*: ao utilizar esta opção, após a inclusão do produto no cupom fiscal o sistema solicitará a quantidade do mesmo. Caso esteja desmarcada, é necessário utilizar a tecla INSERT anteriormente a informação do produto para que se altere a quantidade padrão de 1 para a desejada. Esta é uma opção que ficará gravada apenas na estação que foi efetuada a configuração, as demais manterão a configuração que já está, ou seja, é uma configuração local.

Memorizar último vendedor utilizado: quando marcada, o sistema mostrará como opção para o próximo cupom fiscal, o vendedor utilizado no anterior. Mesmo com a opção marcada é possível alterar o vendedor.

Bloquear tela em produto não cadastrado: ao tentar lançar um produto que não foi cadastrado no sistema, o mesmo retornará a mensagem:

Quadro destinado para a configuração da venda a prazo no módulo frente de caixa.

*Forma de pagamento: opção para escolha da forma de pagamento a ser utilizada para lançar as vendas a prazo.

*Relatório gerencial: posição do relatório gerencial no ECF referente a forma de pagamento utilizada.

Intervalo de ___ dias entre as parcelas: indica o intervalo de dias entre as parcelas, para vendas a prazo feitas no frente de caixa.

Imprimir carnê ao final da venda: com esta opção selecionada, no momento em que uma venda a prazo é finalizada, será impresso um documento não fiscal vinculado ao cupom fiscal, com as datas e valores das parcelas.

  • Formato reduzido: com esta opção marcada, o frente de caixa imprimirá o carnê de pagamento de forma reduzida, economizando papel. Nesta opção o sistema imprimirá somente uma vez por via os dados do cliente e usará para cada parcela uma linha no carnê.
  • Formato detalhado: com esta opção marcada o sistema imprimirá os dados de forma mais detalhada.
  • Qtd. de vias: quantidade de vias do parcelamento que serão impressas.

Controlar limite de crédito do cliente: o sistema automaticamente bloqueará vendas para clientes que tenham ultrapassado o limite de crédito (títulos em aberto) de acordo com o que está configurado em seu cadastro.

Imprimir confissão de dívida: com esta opção selecionada, o sistema imprimirá uma confissão de dívida ao final da impressão do carnê de pagamento. Esta confissão de dívida poderá ser digitada conforme necessidade do usuário. Para digitar a confissão de dívida clique no botão configurar.

  • Configurar: na tela de configuração da confissão de dívida é possível digitar o texto incluindo campos do sistema.
    Para mostrar a relação dos campos disponíveis basta clicar com o botão direito do mouse dentro da área destinada ao texto. Os campos do sistema serão mostrados entre o sinal de menor e maior <> e serão substituídos pelas informações da venda feita no cupom fiscal. O campo <LINHA> será substituído por uma linha no tamanho total das colunas do documento:

A tela de configuração da confissão de dívida tem os comandos.

  • Padrão (F6): configura a confissão de dívida com o texto padrão do com sistema;
  • Limpa (F7): limpa todo o texto da confissão de dívida;
  • Confirmar (F3): confirma e grava o texto definido na confissão de dívida;
  • Sair (Esc): sai da tela de configuração da confissão de dívida.

Plano de contas: campo para configurar o plano de contas onde cairão os lançamentos a prazo.

Periféricos

Aba com as opções de configurações de periféricos.

gdoor14_frentecaixa_perifericos

Dica: ao pressionar END a gaveta abrirá sem finalizar a venda.

Esta aba está dividida em quadros para melhor organização.

Opção destinada para configurar a leitura do peso dos produtos diretamente da balança. Para que a leitura do peso seja feita corretamente, a balança deve estar corretamente configurada e conectada em uma saída serial RS 232.
Alguns modelos de balanças só funcionam corretamente na porta serial COM1 e com velocidade de 2400 Bits. Outros modelos de balanças permitem que sejam ligadas impressoras seriais nelas, estas, geralmente vem de fábrica configuradas como padrão para impressão, nestas balanças será necessário configurar para ligação com computador.

Antes de configurar a balança no GDOOR, certifique-se que a configuração da balança esteja correta. Para configurar a captura do peso da balança serial, na tela principal do frente de caixa pressione F9 ou clique no botão supervisor (F9) e opte pela opção de configuração. Na tela de configuração selecione a aba periféricos. Na tela de configuração selecione a aba periféricos. As configurações serão feitas no quadro balança via porta serial.

  • Modelo: neste campo deve-se informar o modelo da balança utilizado;
  • Porta: porta COM em que a balança está conectada;
  • Bits segundo: velocidade da comunicação (vide manual da balança);
  • Bits parada: bits de parada (vide manual de balança);
  • Bits dados: bits de dados (vide manual de balança);
  • Paridade: esta opção deve estar como PNone, assim como a balança;
  • Decimais: precisão numérica usada no peso;
  • Monitorar balança: esta opção é utilizada para que o sistema fique monitorando a balança e caso seja colocado algum produto em cima da mesma, o peso será identificado e já lançado no sistema.
    Em alguns modelos de balança o envio dos dados da balança ao sistema não é contínuo e por isso deve-se marcar essa opção para que não seja necessário a todo momento informar que deve ser buscado o peso lido na mesma;
  • Acionar balança automaticamente: acionará automaticamente a balança tão logo seja colocado o produto/objeto sobre ela;
  • Testar: botão utilizado para efetuar um teste rápido de comunicação com a balança.

Esta configuração permite que o frente de caixa leia o código de barras com informações do peso ou preço dos produtos impressos em uma etiqueta pela balança. Para configurar a forma pela qual será feita a leitura do código de barras pelo módulo frente de caixa, na tela principal pressione F9 ou clique no botão supervisor (F9) e opte pela opção configuração (F9). Na tela de configuração, na aba periféricos, a configuração será no quadro código de barras com informação.

As balanças suportam códigos com 4, 5 e 6 dígitos. Antes de começar a configuração, verifique com quantos dígitos no código do produto a balança está configurada. Verifique também nas configurações da balança qual o dígito identificador está configurado, este dígito deverá ser o número dois (2).
Abaixo veremos detalhadamente como configurar o frente de caixa e o Sistema GDOOR para fazer a leitura do código de barras.

Código do produto cadastrado com 6 dígitos na balança

Este exemplo é usado na configuração quando os produtos de balança usam 6 dígitos no campo. Antes de configurar o módulo frente de caixa e cadastrar os produtos, configure o software da balança para usar 6 dígitos no código do produto. A configuração do software da balança é de responsabilidade do fabricante da balança ou do representante que a forneceu.

Na etiqueta temos:
1 – Nome do produto: PAO FRANCES kg
2 – Unidade de venda: kg
3 – Preço por kg: R$ 6,30
4 – Peso do produto: 0,446 kg
5 – Preço de venda: R$ 2,81
6 – Código de barras: 2260300002816 (neste código de barras está contido o preço do produto).

O código de barras a seguir contém as seguintes informações:

Sabemos agora quais são e como estão dispostas as informações no código de barras impresso pela balança. Para configurar o GDOOR e frente de caixa, siga os passos:

Abra o GDOOR, clique no menu estoque.
Cadastre o produto no estoque com as informações, conforme:

  • Código do produto: código interno sequencial com 6 dígitos e feito automaticamente pelo sistema;
  • Código de barras: este código deverá conter de 7 dígitos. Tomando o exemplo da etiqueta anterior (6 dígitos), inicie o código de barras com 2 (dígito identificador de produto com código de barras da balança), em seguida o código do produto: 260300, o mesmo código que estará na balança (ficando assim o código de barras 2260300).
    O código de barras não precisa ser o mesmo que o código interno do GDOOR;
  • Nome do produto;
  • Unidade de medida: precisa ser kg;
  • Quantidade em estoque;
  • Preço unitário por kg;
  • Validade (dias): campo para informar o prazo de validade em dias do produto;
  • Lembre-se de cadastrar também a parte de tributação do produto.

Abaixo imagem do cadastro do produto.

Para configurar a leitura do código de barras no módulo frente de caixa, siga os passos:

Na tela principal do frente de caixa, pressione F9 ou clique no botão supervisor (F9). Opte pela opção configuração (F9). Na tela de configuração selecione a aba periféricos, e no quadro código de barras com informação faça a configuração tomando como exemplo a etiqueta a seguir sabendo que nela está informado o valor do produto.

  • Tipo de informação contida no código: marque a opção valor. Esta informação faz com que o frente de caixa saiba que o código de barras conterá o valor do produto. Desta forma, o sistema calculará automaticamente a quantidade do produto que será vendida (preço da etiqueta R$ 2,81 / valor unitário R$ 6,30 = 0,446 kg).
    Caso o código de barras estivesse mostrando o peso do produto ao invés do preço, a opção marcada teria que ser peso. Assim, o sistema multiplicará o peso informado no código de barras da etiqueta pelo valor unitário (peso do produto 0,446 kg x valor unitário R$ 6,30 = R$ 2,809 valor total).
    O valor total pode apresentar variação de alguns centavos em relação a etiqueta e o preço apresentado na impressora, devido a configuração das mesmas. Esta configuração consiste em truncar, só mostra duas casas decimais sem levar em consideração a terceira casa. Exemplo: R$ 2,809 será mostrado R$ 2,80, ou arredondar (só mostra duas casas decimais, mas leva em consideração a terceira casa). Se a terceira casa for maior que 0,05 centavos, será acrescido um número na segunda casa (exemplo: R$ 2,809, será mostrado R$ 2,81). Verifique se a(s) balança(s) e a(s) impressora(s) esteja(m) com a mesma configuração, ambas truncando ou ambas arredondando;
  • Dígitos iniciais para identificar peso ou valor: campo destinado a informar o(s) dígito(s) identificador(es) de produtos com código de barras com informação do preço ou peso (verificar configuração da balança). Como exemplo, temos o código de barras abaixo:O primeiro dígito do código de barras será o dígito identificador de produtos pesáveis. O número informado neste campo, deverá ser cadastrado como dígito inicial do código de barras do produto, como no exemplo: barra: 2260300.
  • Posição onde inicia a informação de peso ou valor: campo para informar em qual posição do código de barras o sistema começará a ler a informação do peso do produto ou do preço de venda.
    No exemplo:temos o número 2 como dígito identificador e 260300 como código do produto. Estas informações não sofrerão mudanças, não importa quantas vezes o produto for vendido. Se somarmos a quantidade de dígitos do código de barras do produto, levando em consideração o dígito identificador (2) e também o código do produto (260300) teremos 7 dígitos. Estas informações sempre sairão na etiqueta, a informação do preço ou do peso do produto começará a partir do 8º dígito do código de barras.
  • Tamanho da informação de peso ou valor: neste campo é possível informar qual o tamanho da informação do peso do produto ou do preço de venda. No exemplo dessa etiqueta:o valor do produto é R$ 2,81, levando em consideração, que o último dígito do código de barras é sempre o dígito verificador (não deve ser contado no tamanho da informação), e que a informação do peso ou do preço começa na posição 8, sobram somente 5 dígitos para conter a informação do preço ou peso:
  • Quantidade de casas decimais no peso ou valor: campo para informar a quantidade de casas decimais usada na informação do peso do produto ou do preço de venda. Nessa etiqueta o valor do produto é R$ 2,81:Sabemos que a informação do preço ou peso dentro do código de barras tem 5 dígitos, começando no oitavo dígito do código de barras, e como o último dígito do código de barras (dígito verificador) não faz parte da informação do peso ou valor, temos então duas casas:Podemos nesta configuração, ter na etiqueta um preço máximo de R$ 999,99. Caso no código de barras, estivesse contido o peso do produto ao invés do preço de venda, a quantidade de casas decimais seria 3, e o peso máximo seria de 99,999 kg.

Abaixo exemplo de venda de um produto pesado com a configuração citada.

Pode ocorrer diferença de R$ 0,01 entre o preço da etiqueta e preço no sistema, devido a balança e a impressora não estarem configuradas igualmente (arredondamento e truncamento).

Sendo assim, é possível a utilização da balança junto ao frente de caixa.

Em casos que a configuração da balança esteja com 5 dígitos, basta configurar a posição com 7:

Em casos que a configuração da balança esteja com 4 dígitos, basta configurar a posição com 6:

Abrir a gaveta automaticamente ao final da venda: opção destinada a informar se a gaveta deve ou não abrir automaticamente ao final de cada venda. A gaveta deverá estar ligada fisicamente com a impressora fiscal.

Habilitar corte de papel por acionamento de guilhotina: para ECF´s que possuem guilhotina, o sistema possui a opção para que a mesma não seja utilizada para o corte, sendo necessário que a bobina seja cortada manualmente ao final da venda se a opção estiver desmarcada.

Tipo do corte (total ou parcial): a opção de corte total fará o corte fora a fora da bobina. Já o corte parcial, deixará um filete no meio da bobina, fazendo com que fique ligada ao restante da mesma e seja necessário destacar o cupom impresso. Esta opção dependerá do ECF ter ou não controle no tipo de corte da guilhotina.

___ linhas por bloco de impressão: ao imprimir um relatório gerencial, o sistema mandará a quantidade de linhas configuradas neste campo a cada bloco de impressão. Por exemplo, se configurado 5 linhas, imprimirá as 5 linhas e após, fará uma pausa de milésimos de segundo e enviará mais 5 linhas para impressão e assim sucessivamente.

T.E.F.

Aba destinada para a configuração do uso ou não de TEF com o sistema, e também qual TEF será utilizado.

gdoor14_frentecaixa_tef01

A aba está dividida em quadros para melhor organização.

No tipo de TEF será informado se o mesmo é Dial ou Dedicado, abaixo segue explicação para cada modalidade.

Quando estiver marcada a opção NENHUM o sistema não usará TEF, não disponibilizando na tela de fechamento da venda a opção de pagamento com TEF.

Marcando a opção DIAL, é possível definir a utilização de TEF Discado ou Pay&Go, passando assim a trabalhar com os mesmos. Será necessário ter instalado no computador, os programas de TEF fornecidos pela operadora TEF.

Toda a transação e comunicação com a central TEF, será feita pelo programa da operadora, o sistema frente de caixa apenas enviará o valor total da venda e aguardará o retorno do comprovante de autorização, imprimindo o mesmo logo após o fechamento do cupom. O programa gerenciador padrão do TEF deve ser executado junto ao Sistema Operacional.

Tempo de espera: opção para informar qual o tempo de espera para que o sistema, após fechar a venda, chame o programa gerenciador padrão do TEF.

  • Para que o TEF discado funcione no computador, o mesmo deverá ter uma placa de modem instalada, pois a comunicação com a Central TEF será feita por linha telefônica.
  • Para que o Pay&Go funcione no computador o mesmo deverá ter internet instalada.

Em ambos os casos, também será necessário ter instalado no computador o programa gerenciador padrão, para a comunicação e transação financeira TEF.

A opção DEDICADO deve ser utilizada quando o frente de caixa está homologado para usar o TEF dedicado Fast-TEF (SiTef). Quando o TEF dedicado estiver ativo, o que fará toda a transação e comunicação com a central TEF, será o sistema frente de caixa, através de DLL´s que já são instaladas junto ao mesmo. Para usar o TEF dedicado a internet deve estar habilitada no computador.

  • Usar o IP p/ SiTef: campo para informar o IP que será usado para a comunicação com a central TEF. Este IP deverá ser fornecido pela empresa contrata para instalação do equipamento TEF.
  • Nº da loja: campo para o número da loja. Este número deverá ser informado pela empresa contrata para instalação do equipamento TEF.
  • Nº do terminal: campo para informar o número do terminal TEF. Este número deverá ser informado pela empresa contrata para instalação do equipamento TEF.
  • Porta do Pin Pad: local destinado para informar em que porta serial (RS232) o Pin Pad para o TEF dedicado está conectado.
  • Testar TEF: botão utilizado para efetuar o teste junto ao servidor do TEF, para verificação das configurações feitas no frente de caixa. Deverá retornar uma mensagem de que a conexão com o SiTef foi efetuada com sucesso.
  • Testar Pin Pad: botão utilizado para efetuar o teste de conexão entre o sistema e o Pin Pad. Deverá retornar uma mensagem de conexão efetuada com sucesso.

Opção para definir a espécie de pagamento padrão para fechamento de venda em TEF.

Opção para informar qual a posição do relatório gerencial referente a forma de pagamento utilizada para o TEF.

Neste quadro estão as opções para escolha do corte do papel entre as vias, aviso para destacar o papel entre uma via e outra e também se a via do cliente deverá ser impressa em formato completo ou reduzido.

Nota manual

A nota manual está destinada ao registro de notas Série D (notas de consumidor), na impossibilidade da emissão do cupom fiscal.
Deve ser informado na tela da nota manual, as mesmas informações da nota de consumidor entregue para o cliente. Não basta apenas registrar a nota no sistema, deverá ser fornecida para o cliente a nota de consumidor. O cadastro de notas manuais fará a baixa dos produtos no estoque e também gerará os Registros 61 e 61R para o Sintegra.

Para abrir a nota manual, basta utilizar o executável NotaManual.exe no diretório padrão onde a solução GDOOR esta instalada.
A tela é similar com o frente de caixa:

gdoor14_frentecaixa_notamanual

Para iniciar a operação basta utilizar:

Nova (F2): permite o cadastro de uma nova nota manual.

gdoor14_frentecaixa_nmanualitem

Após, é necessário pressionar F3 para informar as condições de pagamento ou F12 para finalizar a venda.

gdoor14_frentecaixa_nmanualcabec

Pressionando F11 ou através do menu localizado ao lado esquerdo, é possível verificar as notas emitidas e disponíveis para futuros registros:

g17_not_man_f11

Alterar (F2): salva os dados digitados.

Cancelar nota (F4): permite o cancelamento da nota manual. Ao clicar o botão cancelar o sistema solicitará a confirmação do cancelamento.

Atualizado em 21/09/2020

Esse artigo foi útil?

Artigos relacionados